País Declara Feriado Nacional para Plantar 100 Milhões de Árvores Contra as Mudanças Climáticas

Em um movimento ousado e inspirador, o governo do Quênia anunciou um feriado nacional com um propósito ambiental: plantar 100 milhões de árvores. Com uma população de cerca de 50 milhões de pessoas, cada queniano está sendo incentivado a contribuir para essa iniciativa plantando pelo menos duas mudas de árvores. O objetivo ambicioso do governo é que 15 bilhões de árvores sejam plantadas nos próximos 10 anos.

A ministra do Meio Ambiente, Soipan Tuya, enfatizou que o feriado permite que “todos os quenianos sejam donos dessa iniciativa”. Afinal, as árvores desempenham um papel crucial na luta contra as mudanças climáticas. Elas absorvem o dióxido de carbono (CO2) do ar, ajudando a mitigar o aquecimento global, enquanto liberam oxigênio vital na atmosfera.

Para alcançar essa meta ambiciosa, o governo está disponibilizando cerca de 150 milhões de mudas em viveiros públicos. Essas mudas são fornecidas gratuitamente nos centros de agências florestais, destinadas a serem plantadas em áreas públicas designadas. Além disso, os quenianos também são incentivados a comprar pelo menos duas mudas e plantá-las em suas próprias casas.

O presidente do Quênia, William Ruto, liderou pelo exemplo, participando pessoalmente da iniciativa ao plantar uma muda em Makueni, no leste do país. Ministros do gabinete e autoridades governamentais também foram enviados a várias regiões para incentivar o plantio.

Em um local próximo à nascente do segundo maior rio do Quênia, o Athi, dezenas de pessoas, incluindo soldados e moradores, se uniram para plantar árvores. Um estudante, Wycliffe Kamau, expressou seu entusiasmo: “Estou feliz por estar aqui para mostrar meu amor pelo meio ambiente. Vim plantar árvores porque o nível da água está diminuindo. Mesmo aqui na nascente do rio, os níveis estão muito baixos, e árvores foram derrubadas. Precisamos reverter as mudanças climáticas para que nossos filhos tenham um lugar para viver quando não estivermos mais aqui.”

Embora muitos quenianos estejam participando ativamente dessa iniciativa, é importante reconhecer que algumas pessoas, especialmente nas cidades, podem aproveitar o feriado extra sem se envolver diretamente no plantio. No entanto, o governo está monitorando o progresso por meio de um aplicativo online chamado Jaza Miti, que permite que indivíduos e organizações registrem suas atividades de plantio, incluindo detalhes como a espécie da planta, o número de mudas e a data de plantio.

O Quênia está liderando pelo exemplo, demonstrando que ações concretas podem fazer a diferença na luta contra as mudanças climáticas. Que essa iniciativa inspire outros países a adotarem medidas semelhantes em prol do nosso planeta e das gerações futuras. 🌳🌎

Com informações via BBC

Add a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *